Compartilhe

domingo, 1 de maio de 2011

MORADORES CUSTEIAM TAPA-BURACOS NO COHATRAC




A população de São Luís vem reagindo de duas maneiras ao descaso da Prefeitura. Ora montam-se barricadas nos bairos, ora os moradores reúnem e cotizam-se para fazer o trabalho que seria obrigação do poder público.

Na manhã deste domingo, os moradores da rua 12, do Cohatrac 3, fizeram por contra própria uma operação tapa-buracos na via.

Segundo os organizadores da ação, o custo total da obra foi de R$ 200,00 (incluindo material e mão-de-obra). O valor foi rateado entre os moradores da rua.

Os buracos foram tapados por operários contratados, utilizando areia, pedra-brita e cimento.

Um comentário:

Carlos Hermes disse...

Companheiro Ed Wilson, por favor, poste esta nota sobre PT e Imperatriz.Obrigado.


Diretório do PT de Imperatriz indica pré-candidatos a prefeito
01 Maio 2011 Postado por Carlos Hermes

Em reunião realizada na tarde do último sábado, dia 30, o Diretório Municipal do PT de Imperatriz escolheu três pré-candidatos a prefeito às eleições de 2012, definiu a busca de alianças com os partidos de esquerda, e firmou posição em rejeitar coligação com partidos ligados à oligarquia Sarney.

Na reunião, coordenada pelo presidente do DM, professor André Silva Santos, todas as decisões foram tomadas por unanimidade, sem qualquer voto contrário, demonstrando a coesão dos membros do Diretório quanto aos rumos do partido nas eleições do próximo ano no município.

Por indicação e voto aberto, a maioria do Diretório indicou e escolheu três nomes como pré-candidatos a prefeito nas eleições de 2012: o professor Expedito Barroso, coordenador do Campus da UEMA; a ex-deputada federal Terezinha Fernandes e o jornalista e historiador Adalberto Franklin.

O Diretório também aprovou a realização da primeira plenária do Partido para discutir as eleições de 2012, a ser realizada no próximo sábado, dia 7, na sede do Sindicato dos Bancários, na rua Maranhão. Após essa plenária, será formado um grupo de trabalho para dialogar com outros partidos a formação de coligações, dentro do arco de alianças aprovado.