Compartilhe

quinta-feira, 11 de abril de 2013

IMPUR DESENVOLVE PROJETO PARA INCENTIVAR A RECICLAGEM DE PAPEL

O Instituto da Paisagem Urbana (Impur) está retomando o projeto de Coleta Seletiva para incentivar a reciclagem do papel utilizado nas rotinas administrativas. O tema da campanha deste ano será “O papel nosso de cada dia”, em referência ao fato do produto ser um dos mais utilizados nas tarefas do cotidiano. O projeto foi iniciado durante este mês e será desenvolvido de forma continuada sem prazo para encerramento.

“Esta iniciativa tem como objetivo defender o ambiente, foco deste Instituto, e inspirar os próprios funcionários e outras pessoas a mudarem de atitude e comportamento”, explica o presidente do Impur, Marconi Loiola Maia. Ele destaca que, além da importância ambiental, a reciclagem de papel gera renda para milhares de pessoas no Brasil.

A primeira etapa do processo de reciclagem compreende a separação e coleta seletiva, sendo umas das fases mais importantes do procedimento. Por isso, em cada sala do Impur serão disponibilizadas caixas para o descarte do papel. O material coletado será recolhido e posteriormente doado para uma entidade filantrópica que, por sua vez, repassará o papel para empresas receptoras do produto na capital.

O presidente do Impur enfatiza que o projeto desenvolvido no Impur pode ser facilmente implantado em outros órgãos públicos, em empresas privadas e até em residências. “São medidas simples que podem ser adotadas separando o papel do restante do lixo e depois repassando esse material para uma empresa especializada”, informa.

Marconi Maia lembrou que a implantação da coleta seletiva de lixo na capital é uma das metas da atual gestão municipal e que será importantíssima para o meio ambiente. Além de reduzir a quantidade de resíduos que são depositados todos os dias nos aterros, o processo de reciclagem do papel evita o corte de mais árvores e consome menos água do que o procedimento tradicional a partir da celulose.

OUTRAS AÇÕES

Ainda no primeiro bimestre deste ano, o Impur promoveu uma campanha interna para reduzir o consumo de copos descartáveis. Os servidores foram impulsionados a utilizarem canecas. “Em média uma pessoa utiliza seis copos descartáveis por dia. O impacto financeiro é pequeno para a instituição, mas o custo é alto para o meio ambiente. Por isso, fizemos a campanha”, comenta Marconi Maia.

(Secom - Prefeitura de São Luís)

Um comentário:

Natanael Reis Pereira disse...

COMENTANDO OS FATOS

CORRUPÇÃO
NO DIA NACIONAL DE COMBATE À CORRUPÇÃO ALGUMAS AUTORIDADES DO JUDICIÁRIO BRASILEIRO TOMARAM ALGUMAS MEDIDAS QUE DEIXAM MUITO CLARO QUE O BRASIL É SIM UM PAÍS ENVOLVIDO POR CORRUPÇÃO, QUE ESTE É UMA MAL QUASE INCURÁVEL.

DINHEIRO FÁCIL
HOJE É COMUM OS ACONTECIMENTOS DESSA NATUREZA NA MAIORIA DAS PREFEITURAS DO BRASIL, SÓ PRA CITAR COMO EXEMPLO O CASO DE CAXIAS ESTIMA-SE EM APROXIMADAMENTE 50 MILHÕES DE REAIS O DESVIO DE VERBAS PÚBLICAS PRATICADAS PELA GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL AO LONGO DOS DOIS ÚLTIMOS MANDATOS.

QUANDO SERÁ?
ESTA É A PERGUNTA QUE A MAIORIA DOS CAXIENSES GOSTARIA DE FAZER AOS REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO PÚBLICO, POR SEREM ESTAS AUTORIDADES, OS FISCAIS DA ORDEM PÚBLICA E AMIGOS DA SOCIEDADE QUE PAGAM E BEM, PARA QUE A ORDEM SEJA CUMPRIDA. NÃO É DE AGORA QUE NOS DEPARAMOS COM GESTÕES FRAUDULENTAS, SENDO QUE O AUTOR NUNCA É PUNIDO.

PISCINAS
PARA QUE NÃO HAJA QUALQUER DÚVIDA NO QUE ESTOU COMENTANDO, VOU CITAR COMO EXEMPLO OS RECURSOS FEDERAIS ORIUNDOS DO MINISTÉRIO DOS ESPORTES DESTINADOS A CAXIAS PARA CONSTRUÇÃO DE GINÁSIOS POLIESPORTIVOS E TRÊS PISCINAS POLIAQUÁTICAS. HOJE UMA DAS OBRAS ESTÁ PARADA NA UNIDADE INTEGRADA MUNICIPAL JOSÉ CASTRO NO PONTE.

PRENDE OU NÃO PRENDE
É O QUE ESTAMOS ESPERANDO PRA VER SE UM GESTOR QUE NÃO CUMPRE SEU PAPEL VAI OU NÃO PARAR NA CADEIA? MAIS É BOM LEMBRAR QUE O GESTOR DE CAXIAS DESDE O SEU 1º E 2º MANDATO TEVE A PROEZA DE ADQUIRIR PARA SI MAIS DE 16 PROCESSOS, PORÉM O JUDICIÁRIO MARANHENSE DECIDIU ARQUIVAR A MAIORIA DOS JÁ CITADOS PROCESSOS POR FALTA DE PROVAS.


NATANAEL DOS REIS PEREIRA
MEMBRO DO SINDSEP