Compartilhe

domingo, 10 de outubro de 2010

TUCANO CASTELO TAMBÉM AJUDOU ROSEANA

No texto anterior analisamos a participação de Roberto Rocha (PSDB) no esquema de favorecimento da candidatura de Roseana Sarney (PMDB) ao governo do Maranhão.

Mas Rocha não agiu sozinho. O tucano João Castelo, prefeito de São Luís, também operou para a filha de Sarney ganhar a eleição na capital.

Dos 21 vereadores, Castelo liberou pelo menos 15 para tocar a campanha de Roseana, especialmente nos grotões da ilha, onde os votos são mais vulneráveis aos assédios.

Sob a liderança do presidente da Câmara, Isaías Pereirinha, o pelotão de vereadores armou o velho esquema com os presidentes das associações e uniões de moradores dos bairros da periferia.

Conhecedor do caminho, nesse mesmo reduto Castelo foi buscar a vitória contra Flávio Dino (PC do B) na disputa pela Prefeitura de São Luís, em 2008.

O apoio dos tucanos Roberto Rocha e João Castelo a Roseana Sarney baseia-se numa equação simples: o alinhamento de todas as forças conservadoras do Maranhão para evitar a ascensão de uma terceira força política vinculada ao campo democrático-popular, sob a liderança de Flávio Dino (PC do B).

A direita assumida – Sarney – faz aliança com a direita enrustida – os tucanos – para manter a hegemonia no Maranhão.

Com Jackson, Castelo e o prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira já em fase final da carreira política, quem se habilita a disputar o espólio de Sarney pela direita?

- Roberto Rocha.

TRAIÇÃO

A participação de Castelo no esquema de Roseana retoma uma lenda dos escaninhos políticos do Maranhão: o vírus da traição.

O traído da vez foi Jackson Lago (PDT). Quando governador, Lago entregou todos os postos estratégicos à gestão dos tucanos. Além disso, empenhou-se nas eleições municipais de 2008 para assegurar as vitórias de João Castelo em São Luís e Sebastião Madeira em Imperatriz.

Jackson, ex-aliado de Roseana Sarney em 2000, dos bons tempos da coligação champanhota, operou em 2008 para Castelo derrotar Flávio Dino.

O que fez Castelo em 2010? Apareceu na televisão já no final da campanha, pedindo votos para o amigo-amiga Jackson Lago, mas desde o início da eleição despachava com os vereadores para encher as urnas de Roseana em São Luís.

Resultado: Jackson sai da vida pública humilhado na cidade onde foi prefeito por três vezes. E traído pelo último prefeito que ajudou a eleger: João Castelo.

2 comentários:

William Fernandes disse...

Olá Ed, gostaria de que você colocasse o link do meu blog (blog do William Fernandes) em seu blog. Farei o mesmo com o seu.
Caso aceite, este é o meu url: tvmirante.blogspot.com
Obs.: Apesar de ainda ter o nome tv Mirante no endereço, lembro que não tenho mais nenhum vínculo com a emissora.
Meu e-mail: wfmirante@hotmail.com
Abraço.

Isnande Barros disse...

Professor, acabei de chamar a atenção dos visitantes para a nota sobre os tucanos. Postagem devidamente linkada.
Abraço, parabéns pela análise.