Compartilhe

domingo, 26 de dezembro de 2010

“SEMPRE PT” FOGE DO ESSENCIAL

Retomo o fio da meada para tecer algumas considerações sobre o comentário de um assessor do deputado federal Roberto Rocha (PSDB), acerca da postagem “Sempre PT é pau para toda obra”. Veja em: http://www.jornalpequeno.com.br/blog/robertlobato/?p=14298

O assessor tucano-pedetista-sarneísta, ex-petista arrependido e de volta ao trabalho coloca uma nuvem de fumaça no debate para esconder o jogo: o grupo “Sempre PT” representa o velho fisiologismo em busca de asponerias e cabides no governo Roseana Sarney. (PMDB).

Fazem parte do esquema, além do assessor tucano, o candidato à Secretaria de Igualdade Racial, Nonato Chocolate; e o bancário Cesar Soares, de Pinheiro.

Chocolate, no último PED-PT, fez o discurso do apocalipse, amaldiçoando a oligarquia Sarney até a última geração.

Cesar Soares, em uma das visitas de José Dirceu ao Maranhão, durante entrevista coletiva na Assembléia Legislativa, criticou duramente a aliança do PT com o PMDB no Maranhão.

Agora, sob a sombra do vice-governador Washington Oliveira (PT), os “sempristas” tentam emplacar uns adjuntos e penduricalhos em cargos DAS no “melhor governo da minha vida.” Nada mais!

No fundo político, trata-se de uma reaproximação humilhada dos tucanos à sombra do grupo Sarney, com a participação do deputado em fim de mandato Roberto Rocha (PSDB) e a mediação do vice-governador Washington Oliveira (PT).

Rocha ajudou Sarney a derrotar o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) na disputa ao Senado, assegurando as duas vagas para os peemedebistas Edison Lobão e João Alberto.

Fez um favor grande e deve receber algo em troca. Com a derrota de José Serra (PSDB), só resta ao quase ex-deputado e ao seu assessor baterem humilhados às portas de Sarney em busca de sobrevivência política.

Está em curso uma espécie de Concertação à maranhense, reorganizando as forças conservadoras e reacionárias em um novo pólo hegemônico, atraindo setores anteriormente ligados ao ex-governador Jackson Lago (PDT).

O PT foi uma peça fundamental neste processo, ao ceder o tempo de propaganda eleitoral à candidatura de Roseana Sarney (PMDB), assegurando-lhe a vitória.

Mesmo na periferia, o PT e alguns dos restos políticos de Jackson Lago sentem-se importantes na Concertação maranhense, justificando uma posição submissa com palavras de efeito vazias de sentido.

Estas são as questões centrais do debate. Todo o resto é perda de tempo e tinta do assessor tucano-petista, tais como acusações sobre “ressentimento”, “flavismo” e outras tão absurdas que nem merecem citação.

Quem deve estar com ressentimentos, sempre lembrando os fantasmas do passado, como delator e réu-confesso, é o assessor tucano-petista.

Além de levar Washington Oliveira à condição de quadrilheiro na Polícia Federal, ainda fez insinuações pesadas nos jornais, atacando detalhes da vida privada do hoje vice-governador.

Quando delatou Washington, então presidente do PT, o assessor tucano disse que até as despesas pessoais, como festas e viagens a Fortaleza (onde residem familiares do vice-governador), eram pagas com dinheiro do PT.

Delatores a ex-combatentes são constantemente importunados pelos fantasmas do passado e com os perigos do futuro.

O delator do PT precisa ter cuidado ao aproximar-se do grupo Sarney. Os fatos políticos recentes demonstram o tratamento dispensado ao ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB), acusado de traidor no clã.

Traição no PT tem até perdão. Com Sarney, é maldição.

Por fim, se algo de bom aconteceu comigo nos últimos dois anos foi o afastamento do grupo político liderado pelo vice-governador. Graças a Deus!

Ando pela cidade com a cabeça erguida, traqüilo, encarando meus familiares e amigos com respeito pela minha postura de coerência ideológica, mantendo firmeza de princípios.

Fui aprovado em dois concursos para professor assistente da UFMA, um em Imperatriz e outro em São Luís. Breve ingressarei no Doutorado, se for aprovado na seleção.

Faço e escrevo sobre política por prazer, sem precisar dos esquemas da política para sobreviver. Estou vivendo uma fase maravilhosa profissional e pessoalmente, com esforço e muito trabalho, somados ao apoio dos amigos, familiares e companheiros de luta.

Com fé e amor no coração, vou seguindo em frente.

NOTA DO EDITOR

Prezado(a) leitor(a),

Não confunda o assessor tucano Robert Lobato com o vice-presidente do PT estadual Augusto Lobato. Apesar do mesmo sobrenome, eles não são parentes e há muitas diferenças entre os dois. Augusto Lobato é militante histórico do PT e vice-presidente do partido. O outro Lobato você já conhece.

6 comentários:

Carlos Leen Santiago disse...

Caro Ed Wilson:
Vc utiliza o msn messanger, caso sim envie-me por e-mail para eu lhe add. O meu é carlosleen@hotmail.com
Na verdade presisava do seu número de cell.
Estamos acompanhando tudo e torcendo para que em breve a desfarçatez e a mediocridade não acabem com a ética na politica.
A Politica só tem sentido de existir se combater, sem tréguas, essa sociedade do 'desvínculo', do individualismo, do hiperconsumo, da invisibilidade de tantos que sustentam o luxo e a pós-cidadania dos privilégios de uns poucos. Vc sua ótica e estética encarnam essa luta. E por isso os estúpidos e canalhas tentaram lhe desqualificar. Em vão, diga-se.

Carlos Hermes disse...

Companheiro Ed Wilson, parabéns pela correta leitura do processo e principalmente por ter se distanciado desse cidadão que hoje é vice governador a custos conhecidos e inglórios.

Realmente você se diferencia em muito dos que hoje comem no mesmo prato dos que nos massacraram a vida toda.

Continuemos a luta e a resistência.

Wsclay disse...

Nossa. Lembro desse Chocolate na articulação da Juventude petista no já distante ano de 2003. Fizemos um encontro em São Luís. Ele se colocava como o supra-sumo do anti-sarneísmo. Ninguém poderia ser mais anti-sarney que ele. O extremo! O radical! O incorruptível! A reencarnação de Lênin! O seguidor de Marx! O admirador de Engels!

Merece o Oscar. Poucas vezes vi um ator interpretar um personagem com tanta maestria.

Bravo!!! Bravissimo!!!

Anônimo disse...

Esses senhores nunca enganaram ninguém com sua palavras ocas e vazias! Nunca estudaram, desconhecem os clássicos do socialismo, sempre foram oportunistas!

Os oportunistas também estão na "extrema esquerda"! Para falar a verdade nada mais comum que esconder seus oportunismos com discursos inflamados e esquerdóides!

Parabéns a esses oportunistas, eles estão mostrando a verdadeira face do PT maranhense!

José de Ribamar Gonçalves

Ricardo disse...

Companheiro Ed Wilson, conseguiu deixar claro a nebulosa lama articulada pelo grupo de cobras, sapos e lagartos da foto do post.
Diferente de outros comentários, estes sujeitos apenas mostram que o que existia de podridão no Partido dos Trabalhadores, que no Maranhão não faz jus ao partido como um todo. Não confundemos o todo com as partes, estes são a expressão da crise do ofício político tradicional, eles não enganam a mais ninguém, tudo está as claras.
Mais uma vez, parabenizo pela qualidade do texto, apontando as manobras oriundas da lama dos vendilhões que agora estão como mortos-vivos no leito da desonra representada pelo sarneysmo no Maranhão.
Ricardo André

Marden Ramalho disse...

Ed wilson, parabéns pelo texto.
Já vi que em 2011 enganam-se aqueles que dizem que a história acabou no maranhão. 'fukuiamistas', nada mais que isso é que são. ou nem isso.
Talvez lupens, somente isso.

a história será implacável com os falsificadores do real.

adiante!!!!!