Compartilhe

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

UFMA DE IMPERATRIZ VAI FORMAR OS PRIMEIROS JORNALISTAS

Passou rápido. O Curso de Comunicação Social – habilitação Jornalismo, em Imperatriz – já tem os primeiros seis formandos (veja lista abaixo), que defenderam monografia no final deste semestre.

Alda, Carlos, Jordana, Pollyana, William e Lucia deixam a graduação para enfrentar novos desafios, seja como jornalistas ou como futuros professores de Comunicação.

Vão somar no mercado de trabalho com os veteranos profissionais de mídia já atuantes nas rádios, jornais, sites, assessorias e TVs de Imperatriz.

O curso de Jornalismo foi implantado em 2006, no contexto do projeto de expansão universitária do governo Lula. Até então, a UFMA de Imperatriz ofertava apenas Direito, Ciências Contábeis e Pedagogia.

A esses somaram-se Jornalismo, Engenharia de Alimentos e Enfermagem. Além da implantação dos novos cursos e ampliação das instalações do Centro de Ciências Sociais, da Saúde e Tecnológicas (CCSST), no centro de Imperatriz, a cidade ganhou um novo prédio da UFMA, onde devem ser instalados os cursos da área tecnológica.

Em Imperatriz, a área de Comunicação vive um bom momento, incrementada com a chegada de novos professores, dedicados à produção científica e técnica, formando uma parceria produtiva com os alunos.

Breve haverá novos jornalistas da UFMA. Veja abaixo a lista dos graduandos pioneiros de 2010, com as respectivas monografias defendidas e aprovadas:

* Alda Hosana Lima de Queiroz
- Jornal-laboratório Arrocha: protagonismo e produção de uma comunicação alternativa em Imperatriz;

* Carlos Henrique Brandão
- O fã e a produção de conteúdos na Internet: um estudo de caso do site Masa Mixes;

* Jordana Fonseca
- O Esporte no blog: um estudo sobre as transformações na prática do jornalismo esportivo nos blogs de Juca Kfouri e Zeca Soares;

* Pollyana Carneiro
- Imperatriz: um estudo sobre telejornais matutinos;

* William Castro
- O perfil do Jornalista de Imperatriz nas emissoras de Televisão, Rádio e Jornal Impresso;

* Lúcia Maria Pacheco
– Dança do Lindô: batuques de resistência cultural em Imperatriz – MA.

Tive a satisfação de ser professor de todos eles e desejo sucesso na nova vida conquistada com esforço e dedicação.

Um comentário:

Maiara disse...

Muito legal, professor!
Parabéns aos novos jornalistas! ;)