Compartilhe

sábado, 14 de junho de 2014

EDIVALDO HOLANDA JR É A MUDANÇA, PARA PIOR

O cenário político do Maranhão é definido em três palavras: previsibilidade, decepção e dúvida.

O governo Roseana Sarney (PMDB) sempre foi previsível. Todo mundo sabe o que vai acontecer: nada, além da propaganda.

A única alteração dos sucessivos governos Sarney foi o aumento da fortuna familiar da oligarquia.

Se Lobo Edinho (PMDB) ganhar a eleição de governador, o efeito será o Maranhão com uma passagem de só de ida para o inferno.

A decepção fica por conta do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PTC). Ele conseguiu algo impensável: piorar a "gestão" do ex-prefeito João Castelo (PSDB).

Da Vila Apaco ao Renascença, São Luís é a imagem da barbárie.

Filho de Edivaldo Holanda (PTC), o prefeito tem como vice Roberto Rocha (PSB), filho do ex-governador Luiz Rocha, já falecido, mas aliado de José Sarney nos bons tempos da ditadura militar.

Nascidos e criados dentro dos palácios, de família rica e vida fácil, o prefeito e o seu vice tratam a cidade como um brinquedo, desse tipo que o pai dá de presente e eles quebram, porque logo depois ganham outros facilmente, quantas vezes quiserem.

Somadas as gerações dos pais, do prefeito e do vice, eles se beneficiaram da oligarquia Sarney, da libertação de Jackson Lago (PDT) e estão na boleia do caminhão da mudança prometida para 2014.

A dúvida é Flavio Dino (PCdoB), que vai reunir no seu palanque o atual prefeito, o antigo e vários novos e velhos aliados e dissidentes da oligarquia Sarney e do governo Jackson Lago.

Dino lidera as pesquisas com folga. Dificilmente perde a eleição. Caso seja vitorioso, só poderá ser julgado após o primeiro ano de mandato, quando é razoável fazer um balanço de qualquer gestão.

No Maranhão, o discurso da mudança é antigo, desde os tempos do governador Benedito Leite e bem antes dele.

Sempre aparece alguém que vai libertar, mudar, transformar. Roseana Sarney já disse, desde 1994, que vai fazer uma “revolução na educação”. Depois, mudou o bordão: “gerar milhares de empregos”.

No fim da carreira política ela disse que ia fazer “o melhor governo” de toda a sua vida. É uma lástima.

Edivaldo Holanda Junior era uma esperança, aquela que nunca morre. Até o fim do mandato será julgado outras vezes, mas deve ser reeleito com tranquilidade.

Basta pintar os meios-fios quebrados de cal e tapar uns buracos. Cal e asfalto têm efeito mágico nas eleições do Maranhão.

Por enquanto, a mudança foi para pior.

7 comentários:

Fábio Costa disse...

Por sua própria colocação, observando-se que Flávio Dino foi o maior apoiador de Edivaldo Jr. E com a companhia que fazem a Flávio vários que saíram do barco sarneyzista, acredito que Flávio no governo só irá mudar o comando mas nosso Estado continuará na mesma.

FRANCISCO ARAUJO disse...

Excelente texto, Ed!
Parabéns...

Luana Dias disse...

Tendo em vista quase 50 anos de desilusão e sofrimento no nosso estado esses quase dois anos de Edivaldo é nada, já sofremos mais, e ele está sem sorte, mas acredito que seja um cara que vai arrumar a cidade e dá a volta por cima, e Flávio Dino não é um santo todos sabemos, mas que pode e está em suas mãos melhorar o nosso estado tirando dessa familia maldita, ele vai ter a oportunidade dele resta saber se vai cumprir, eu claro, estou torcendo p isso.

Anônimo disse...

Tendo em vista quase 50 anos de desilusão e sofrimento no nosso estado esses quase dois anos de Edivaldo é nada, já sofremos mais, e ele está sem sorte, mas acredito que seja um cara que vai arrumar a cidade e dá a volta por cima, e Flávio Dino não é um santo todos sabemos, mas que pode e está em suas mãos melhorar o nosso estado tirando dessa familia maldita, ele vai ter a oportunidade dele resta saber se vai cumprir, eu claro, estou torcendo p isso.

Rosana disse...

Eu acredito que o prefeito Edivaldo faça obras estrurantes em São Luís, para além de tapa buracos e pintura de meio-fio. Creio que ele continua sendo uma esperança viável.

Dom Marcony disse...

otima materia e uma vissao adequada da realidade parabens pelo texto!!

jodiane pires de souza disse...

ESSE PREFEITO EDIVALDO HOLANDA É O MAIS SÍNICO DE TODOS QUE JÁ VI EM SÃO LUIS. UM HOMEM QUE USA O NOME DE DEUS PARA SE AUTOPROMOVER NÃO TEM RESPEITO. ELE TEM QUE ENTENDER QUE É PREFEITO DE SÃO LUIS E NÃO DA IGREJA DELE. E O POVO DE SÃO LUIS É BEM DIVERSIFICADO. PRECISAMOS DE SAÚDE, EDUCAÇÃO E LAZER. E COM ELE NÃO TEMOS NADA QUE PRESTE. A SAÚDE TA UMA CALAMIDADE. PARA MIM ELE É UM INCOMPETENTE. TAPA BURACO E PINTAR MEIO FIO É INSIGNIFICANTE PERTO DO QUE REALMENTE PRECISAMOS. DISSE!