Compartilhe

quinta-feira, 19 de junho de 2014

SENADO 2014: ROBERTO ROCHA AJUDA A OLIGARQUIA SARNEY DE NOVO

Vamos recuperar o passado para entender o presente.

Em 2010, o ex-governador José Reinaldo defendia a tese da candidatura única das “oposições” ao Senado.

Profundo conhecedor dos segredos eleitorais da oligarquia Sarney, onde nasceu e cresceu, Reinaldo sabia que a unidade das “oposições” era a única forma de ganhar uma das duas vagas de senador.

O próprio Reinaldo colocava-se como candidato único, mas não vingou.

Contrariando a tese da candidatura única, surgiu o nome de Roberto Rocha, que só serviu para inviabilizar a eleição de José Reinaldo.

Resultado: a oligarquia Sarney garantiu as duas vagas: Edison Lobão (PMDB) e João Alberto (PMDB).

Todos os buracos das ruas de São Luís sabem que a candidatura de Roberto Rocha foi operada nos subterrâneos da oligarquia Sarney para rachar as “oposições” e beneficiar Edison Lobão e João Alberto.

Roberto Rocha, portanto, cumpriu um papel fundamental para a manutenção da oligarquia Sarney em um lugar estratégico de poder – o Senado.

Em 2014 o cenário se repete. Desta vez, o rifado na disputa do Senado foi João Castelo (PSDB).

Novamente, contrariando a lógica e as pesquisas, Roberto Rocha (PSB) será o candidato a senador pelas “oposições”.

Todos as crateras de São Luis sabem que João Castelo lidera as pesquisas, tem lastro eleitoral e recall para se eleger senador. Castelo foi deputado federal, governador e prefeito da capital.

Roberto Rocha, apenas deputado federal e vice-prefeito da mesma cidade das crateras.

Do lado da oligarquia, o nome é Gastão Vieira (PMDB).

Óbvio que as possibilidades de Castelo são maiores, mas ele foi rifado, assim como José Reinaldo teve a eleição dificultada em 2010.

Nos dois casos, a pedra no meio do caminho é Roberto Rocha, filho do ex-governador Luiz Rocha, amigo e correligionário de José Sarney nos “bons tempos” da ditadura militar.

Em 2014 só tem uma vaga para o Senado. Tirando João Castelo do páreo, Roberto Rocha dá uma grande ajuda para eleger Gastão Vieira e beneficiar, de novo, a oligarquia Sarney.

Nota: Escrevo “oposições” entre aspas para representar um misto de todas as forças políticas (da extrema direita ao centro-esquerda) que se colocam contra a oligarquia Sarney. A oposição de esquerda está no PSTU, PSOL e PCB.

8 comentários:

FRANCISCO ARAUJO disse...

kkkk Malandro é malandro e mané é mané

Carlos Hermes Ferreira da Cruz disse...

Ed, só pra eu entender melhor. Você defende então o João Castelo como o candidato da oposição?

Ed Wilson Ferreira Araújo disse...

Vc nem me deveria fazer essa pergunta Carlos Hermes. Castelo é a escória de Sarney.

Antonio Nicolau disse...

Roberto Rocha poderia aproveitar a oportunidade para explicar ao povo, o motivo e a razão de até agora o Prefeito Edivaldo Holanda não ter cumprido a promessa que foi o carro-chefe de sua campanha à Prefeitura de São Luís, que foi a de construir um grande hospital regional de urgência e emergência, denominado de Jackson Lago.
Já se passaram mais de 17 meses que assumiu a Prefeitura de São Luís, da qual Roberto Rocha é vice-prefeito e não tem definido nem sequer o terreno para construir o dito hospital.
A justiça para ser boa começa pela própria casa. Qual a moral que o senhor Roberto Rocha tem para fazer cobranças e projetos de saúde, se no município de São Luís, do qual é vice-prefeito, os Socorrões I e II estão um caos e a construção do grande hospital regional de São Luís, que foi o mote da campanha de Edivaldo Holanda, nunca foi nem sequer iniciada e nem o terreno destinado à construção do mesmo também não existe?

Nonato Martins disse...

Caro Edwilson: Aprendi na academia que o espectro das organizações partidárias vão da extrema direita à extrema esquerda. A extrema esquerda deu muito trabalho, e dá, e dará, ao movimento revolucionário dos trabalhadores rumo a sua emancipação, o Socialismo, tão desejado pelas esquerdas. O camarada Lenin, que sofreu na pele, escreveu o livro "Esquerdismo, doença infantil do Comunismo", onde já lhe imputava de força de reserva da direita. Os partidos citados estão postos no campo da extrema esquerda. Tenha um bom dia, amigo.

Katia disse...

Acho hilario a imaginação desses blogueiros maranhesnses, tiram cada uma, que só eles mesmos. Quer dizer que a cada 4 anos Roberto vem pra atrapalhar eleiçoes em favor da familia Sarney, assim do nada, só por gosto mesmo? Francamente, quanta tolice se lê.

Ed Wilson Ferreira Araújo disse...

Não é só a cada 4 anos, Katia, é bem mais tempo. Desde a ditadura militar os Rocha ajudam Sarney.

Ed Wilson Ferreira Araújo disse...

Não é só a cada 4 anos, Katia, é bem mais tempo. Desde a ditadura militar os Rocha ajudam Sarney.