Compartilhe

domingo, 10 de abril de 2011

RACHA À VISTA EM IMPERATRIZ

Matéria do jornalista Jorge Vieira, publicada neste domingo, no Jornal Pequeno (JP), informa sobre uma possível ruptura na aliança entre o PSDB do prefeito Sebastião Madeira e o PDT do vice-prefeito Jean Carlo, em Imperatriz.


Os pedetistas tocantinos estariam estranhados com a aproximação entre Madeira e a governadora Roseana Sarney (PMDB).


Segundo a matéria do JP, Jean Carlo cogita uma aliança sem o PSDB em 2012 para disputar a prefeitura. Estariam na área de abrangência desta coligação o PDT, o PSB, o PC do B e parte do PT.


Madeira vem fazendo vários acenos para o grupo Sarney, através de parcerias administrativas, dentro da normalidade da política.


Mas um fato marcante na campanha de 2010 pode revelar laços mais profundos entre o prefeito e a governadora.


No auge da disputa eleitoral, a quase totalidade dos vereadores declarou apoio explícito a Roseana.


A virada sarneísta em Imperatriz teve a ordem do presidente da Câmara, Hamilton Miranda (PSDB), homem da mais alta confiança do prefeito Madeira.


Ficaram de fora da revoada apenas os vereadores Edmilson Sanches (PSDB) e Alberto Sousa.


Até os tucunarés do rio Tocantins sabem que as câmaras municipais agem sob orientação dos prefeitos. Miranda e os vereadores operaram sozinhos, sem a anuência de Madeira?


Eis uma questão que só o tempo e o jogo de forças da política vão responder.

2 comentários:

Carlos Hermes disse...

Companheiro Ed Wilson,

Eu falei isso no blog há alguns meses e agora se confirma. Só que Carlinhos quer ser candidato da esquerda e de Lobão ao mesmo tempo..rs fica difícil.

abraço e parabéns pelo excelente blog.

Ed Wilson Ferreira Araújo disse...

Grande Carlos Hermes,
Grato pela ótima observação.
Ed Wilson